O que é SEO?

By Thaís Bueno Marketing Nenhum comentário em O que é SEO?

Cada vez mais empresas têm investido seus recursos em Marketing Digital para obter melhores resultados na geração de negócios e no fortalecimento de suas marcas. E quando o assunto é estratégia de marketing, uma das maiores ambições das empresas é atingir as primeiras posições nos mecanismos de busca (Google e Bing, por exemplo).

No entanto, marcar presença na internet, por meio de sites e blogs, não é garantia para alcançar um bom posicionamento na primeira página do buscador. Afinal, a concorrência também compartilha do interesse pelos primeiros lugares no ranking. Por isso, é necessário investir em SEO.

Mas, afinal, o que isso significa?

Confira abaixo alguns pontos importantes sobre essa técnica.

Definição de SEO

Da sigla em inglês (Search Engine Optimization), em tradução livre, SEO significa Otimização para Mecanismos de Busca e pode ser compreendido como um conjunto de técnicas que busca melhorar o posicionamento de páginas e sites nos buscadores, sobretudo no Google, de forma orgânica.

Basicamente, o SEO trabalha com três conceitos essenciais para que um site seja considerado mais relevante do que outros para o Google. São eles: reputação, autoridade e popularidade do site, que respondem à estabilidade, relevância de conteúdo e quantidade de links de qualidade que apontam para o seu site, respectivamente.

Além disso, as técnicas de SEO também são estruturadas e trabalhadas de duas formas:

  • SEO OnPage: diz respeito, basicamente, ao conteúdo do site e sua estrutura, como a definição de palavra-chave, URL amigável, o uso de meta tag (código que ajuda a explicar o conteúdo da página) e imagens com atributo alt (descrição da imagem como texto alternativo), utilização de links internos etc.;
  • SEO OffPage: são técnicas externas ao seu site e o principal fator OffPage para rankeamento é a construção de link building. Ou seja, link building, ou backlink, como também é conhecido, é uma estratégia que demanda autoridade e boa reputação da sua página, pois consiste em outros sites darem link para o seu. As menções à sua marca e o compartilhamento de seus conteúdos nas redes sociais também influenciam nos resultados.

Como o SEO funciona na prática?

Antes de mais nada é preciso entender a diferença entre os resultados orgânicos e pagos. Os anúncios, que aparecem sempre no topo da busca, são links patrocinados. Ou seja, para ocupar esses espaços, empresas utilizaram uma ferramenta do próprio Google: o Adwords – e pagaram por clique.

Já os resultados que aparecem abaixo dos anúncios são orgânicos e dependem da implementação de técnicas de SEO, junto a um conteúdo de qualidade, entre outros fatores, para conquistar os primeiros lugares no ranking.

anuncio-google

Resultados pagos x orgânicos

Mas como é possível conseguir um bom posicionamento no Google? Primeiro é importante entender como funcionam os algoritmos do buscador.

Para criar o ranking de sites, o Google utiliza robôs, batizados de Google Bot, que funcionam como rastreadores inteligentes que realizam a leitura dos sites.

A estrutura do ranking é complexa e considera diversos critérios. Quando uma palavra-chave é digitada no campo de busca, os robôs acessam cada link otimizado e avaliam a popularidade do site, relevância do conteúdo, construção de links entre outros fatores.

Dessa forma, a grande missão dos robôs é encontrar entre milhões de resultados aqueles que respondem, com qualidade, às dúvidas dos usuários.

Mas como todos esses dados são lidos?

A leitura do Google

Para o Google, o mundo é feito de códigos. Ou seja, o Google Bot não lê um site da mesma maneira que os usuários. Para trazer objetividade e atender às demandas de buscas, o Google utiliza o machine learning (aprendizado da máquina) para determinar os resultados mais relevantes para pesquisas orgânicas.

Um exemplo disso é a leitura de imagens em seu site. Caso a imagem não possua uma descrição de texto alternativo (atributo alt), para o robô aquele espaço estará em branco, vazio, sem conteúdo a considerar.

A utilização de texto descritivo na imagem ajuda o robô a entender do que se trata aquela foto. Sendo assim, o Google consegue fazer uma leitura de todo o conteúdo da sua página, desde o texto, URL, imagens e links.

atributo-alt

Atributo Alt

Outro exemplo da inteligência aplicada pelo Google são os chamados black hats, que fogem às boas práticas de SEO e podem receber punições pelo seu uso.

Algumas dessas práticas não recomendadas são: utilizar links ou textos escondidos, repetir palavras-chave desnecessariamente, copiar conteúdo de outros sites, ações feitas somente para o algoritmo sem proporcionar nenhum valor ao usuário etc.

Além disso, o Google muda seus algoritmos constantemente, por isso, é importante saber que mesmo criando uma boa estratégia de SEO e alcançando a primeira página do buscador é possível perde-la. Dessa forma, é necessário continuar investindo para manter a posição – uma vez que os seus concorrentes também estarão trabalhando para subir no ranking.

Qual a importância do SEO?

Por que a sua empresa deve investir em técnicas de SEO para figurar entre os primeiros resultados?

Ao otimizar o seu site, o número de acessos às suas páginas pode crescer consideravelmente e gerar, assim, mais oportunidades de negócios – levando em conta que no Google, responsável por 90% do mercado de buscas online com mais de 100 bilhões de buscas por dia, 75% dos visitantes nunca clicam nos resultados a partir da primeira página.

Dessa forma, não é mais fácil comprar um anúncio e aparecer no topo da busca? A sua empresa pode utilizar o Adwords para anunciar, mas uma boa campanha de mídia também precisa explorar as técnicas de SEO e, então, aliar os dois métodos.

É importante saber que assim que uma campanha de link patrocinado expira, o seu site sairá automaticamente da primeira página do Google. Por isso, é essencial traçar uma boa estratégia de SEO.

Investir no orgânico pode trazer bons resultados, pois as primeiras posições obtém a maior taxa de cliques – com 34,3% da preferência dos usuários. Além disso, 93% de todo o tráfego para o seu site vem de um mecanismo de busca.

Conteúdo é fundamental

meta-tag

Meta tag

Para utilizar as técnicas de SEO com êxito não basta apenas construir o seu site para que os algoritmos entendam do que se trata a sua página.

É preciso investir em conteúdo de qualidade que seja valioso para o usuário. Do contrário, configurar meta tags não servirá de nada se as pessoas não se interessarem pelo que você tem a dizer.

Você precisa dar ao usuário o que ele está buscando e, assim, oferecer uma ótima experiência ao seu leitor. Uma das maneiras de atrair usuários para o seu site é utilizar o Marketing de Conteúdo como parte da estratégia da sua empresa.

Além disso, também é preciso ter em mente que o seu site precisa apresentar um bom tempo de carregamento para convencer os usuários a passarem para a próxima etapa que é consumir o seu conteúdo.

Dessa forma, é fundamental que o seu site seja rápido e responsivo, pois mais de 50% dos usuários começam uma busca por meio do mobile e 87% usam um mecanismo de busca pelo menos uma vez por dia. Vale levar em consideração, ainda, que um site lento é responsável por 51% dos abandonos de página e 74% das pessoas deixam um site se o carregamento não for feito em 5 segundos.

Estar atento à produção de conteúdo nas redes sociais também é importante para a sua empresa e para aumentar as chances de um melhor rankeamento no Google. Quanto mais a sua marca for fortalecida, maior também será o reconhecimento da autoridade da sua empresa.


Leia também: A sua empresa deve estar no Facebook?


Agora que você já sabe o que é SEO e quais os benefícios de utilizar a otimização de busca, que tal implementar uma estratégia para a sua empresa?

  • Share:

Leave a comment