Redes sociais: conheça as diferenças entre cada uma delas

By Thaís Bueno Marketing Nenhum comentário em Redes sociais: conheça as diferenças entre cada uma delas

redes sociais

Entenda como as mídias sociais podem impactar os negócios da sua empresa

Com a popularização da internet, as redes sociais ganharam cada vez mais espaço e atenção. Desde o surgimento do Orkut – um marco na história da web brasileira –, em 2004, várias redes foram criadas, gerando, assim, um boom de plataformas com diferentes formatos, funcionalidades e objetivos. 

Atualmente, no Brasil, mais de 130 milhões de pessoas acessam as redes sociais para diversos tipos de consumo, que vão desde o relacionamento e entretenimento até a busca por conhecimento, produtos e informações.

Dessa forma, com o alto índice de acessos, as redes sociais se tornaram uma ótima ferramenta para o relacionamento entre empresas e consumidores. De acordo com o relatório Digital in 2018, divulgado pelos serviços online Hootsuite e We Are Social, das 9 horas que os brasileiros gastam, em média, na internet, 3 horas são destinadas à navegação nas redes. No entanto, diante das inúmeras opções de plataformas, muitas empresas acabam ficando sem saber qual mídia social é a mais adequada para o desenvolvimento de seus negócios.

Por isso, para não restar dúvidas sobre como cada uma das principais redes sociais funcionam, confira abaixo algumas de suas características.

Facebook

O Facebook é a maior rede social do mundo. São mais de 2,2 bilhões de usuários cadastrados na plataforma – dos quais 140 milhões estão no Brasil.

Ou seja, utilizar o Facebook em sua estratégia possibilitará que a sua empresa alcance um grande número de pessoas. Por isso, a rede social é ideal para comunicar ações desenvolvidas pela sua empresa, fortalecer a sua marca e estreitar o relacionamento com os seus seguidores.

O Facebook também possibilita que você explore o seu conteúdo de diversas formas, já que a plataforma trabalha quase todos os formatos, como imagens, textos, vídeos e GIFs, permitindo a criação de conteúdos dinâmicos que podem aumentar o engajamento e a taxa de conversão. Para isso, é possível, ainda, utilizar da publicidade ao patrocinar publicações e levar o seu conteúdo para mais usuários. Levando em conta que o alcance orgânico da rede social para empresas é baixo.

YouTube

Segunda maior rede social, com 1,9 bilhão de usuários, a plataforma de vídeos é um recurso poderoso para as empresas. Apesar da produção de conteúdo audiovisual ser mais trabalhosa, o seu potencial de viralização é alto, bem como o alcance, já que é possível compartilhar o link do seu vídeo em outras plataformas.

Nos últimos quatro anos, o YouTube cresceu 135% e vem se consolidando na preferência dos usuários que gastam, em média, quase 2 horas na plataforma diariamente para consumir conteúdo.

Dentro da estratégia de marketing da sua empresa, a rede social pode ser utilizada para a publicação de entrevistas, depoimentos e eventos, demonstração e divulgação de produtos, bem como tutoriais, além de também servir como um canal para aumentar a visibilidade e fortalecer a sua marca.

Instagram

A essência do Instagram é a imagem. Mas isso não significa que a rede social não possa ser utilizada por empresas para disseminar conteúdo.

Com a marca de 1 bilhão de usuários, o Instagram é uma excelente rede para a sua empresa se aproximar dos seguidores ao publicar fotos de bastidores que permitam aos usuários conhecer quem está por trás da marca.

Junto às imagens e vídeos, formatos aceitos pela plataforma, também é possível trabalhar textos – preferencialmente curtos –, para trazer informações aos seus seguidores. Neles você pode, ainda, utilizar hashtags para aumentar o alcance das suas publicações: as hashtags geram 12,6% mais engajamento! No entanto, a rede social não permite a publicação de links.

Além das publicações feitas no perfil da sua empresa, o Instagram traz ainda o Stories – formato que caiu nas graças do público e conta com mais de 250 milhões de usuários ativos. Por meio dele, é possível fazer anúncios, mostrar as novidades da sua marca e se aproximar ainda mais das pessoas com a utilização de enquetes e lives, que possibilitam que os usuários interajam.

Twitter

Considerada uma rede social de momento, o Twitter é uma ferramenta extremamente dinâmica. Com apenas 280 caracteres disponíveis para cada publicação é preciso postar com frequência e estar atento aos últimos acontecimentos mais comentados.

Por isso, para traçar uma boa estratégia de marketing no Twitter é preciso mostrar que a sua empresa está ligada nos assuntos do momento e interagir muito com os seus seguidores, já que a rede funciona bastante como um canal de comunicação direto com o consumidor – uma espécie de SAC 2.0. Além de também ser usada como “segunda tela”, já que boa parte das pessoas utilizam a plataforma enquanto assistem TV e comentam sobre jogos, programas, séries etc.

Usada majoritariamente por jovens e profissionais de comunicação, a rede social tem pouco mais de 330 milhões de usuários e o Brasil é o segundo país que mais a utiliza (57 milhões), ficando atrás somente dos Estados Unidos (141 milhões).

Aposte em conteúdos relevantes e criativos que dialoguem com o momento!

WhatsApp

Devido ao seu grande potencial de comunicação, o WhatsApp vem sendo considerado uma das maiores redes social da atualidade. O aplicativo de mensagens bateu a marca de 1,5 bilhão de usuários, sendo 120 milhões ativos no Brasil. Ao todo, são 60 bilhões de mensagens enviadas por dia no aplicativo.

Uma das novidades da rede é o lançamento da versão business, que já conquistou cerca de 3 milhões de empresas. Nessa versão, o aplicativo facilita a interação com clientes, permitindo a utilização de ferramentas para automatizar, organizar e responder rapidamente a mensagens.

Entre os recursos oferecidos atualmente no aplicativo estão: perfil da empresa, para mostrar informações importantes como endereço, e-mail e site da companhia, e estatísticas, para analisar quantas mensagens foram enviadas, entregues e lidas.

O serviço permite um melhor atendimento ao cliente, com maior eficiência e rapidez, além da utilização dos já conhecidos formatos suportados no aplicativo, como o envio de imagens, documentos etc.

LinkedIn

Por fim, a maior rede profissional do mundo. O LinkedIn tem crescido a passos largos: já são 600 milhões de usuários – sendo 36 milhões no Brasil.

Com uma proposta totalmente voltada para o mundo profissional, marcar presença no LinkedIn é fundamental para a sua empresa, já que a rede tem alto potencial de geração de negócios e fortalecimento de marca.

Nela, você pode mostrar a autoridade da sua empresa, por meio da publicação de conteúdos e artigos, interagir com potenciais clientes, patrocinar posts estratégicos e analisar a concorrência.   

Além disso, recentemente, o LinkedIn lançou atualizações nas páginas de empresas para tornar o conteúdo produzido mais atrativo e, assim, aumentar a visibilidade e engajamento das ações. Confira aqui as principais mudanças.

O LinkedIn ainda tem sido uma importante ferramenta para quem está buscando novas oportunidades de trabalho.

Quanto tempo dura um conteúdo?

Além de entender as características, formatos e objetivos de cada rede social é preciso estar atento, primeiramente, à qualidade do conteúdo. Por isso, antes de mais nada, para que a sua empresa consiga obter bons resultados é necessário traçar uma boa estratégia. Para isso, invista no Marketing de Conteúdo.

Com a produção de conteúdo relevante, as chances de aumentar o engajamento de suas publicações e, assim, fortalecer a sua marca são ainda maiores.

Sendo assim, também é fundamental que você tenha conhecimento sobre a duração dos conteúdos de acordo com a rede social escolhida. Ou seja, quanto tempo a sua publicação aparecerá para os usuários antes de se perder em meio a vários outros conteúdos.

Em um blog, por exemplo, o seu conteúdo pode durar mais de 2 anos. Já em uma rede social mais dinâmica, suas publicações podem desaparecer facilmente em um feed muito movimentado.

Confira abaixo a vida útil dos conteúdos nas principais redes sociais:

Redes sociais e Mobile

O uso do mobile tem crescido cada vez mais. No Brasil, mais de 60% das pessoas usam o smartphone e 57% acessam as mídias sociais por meio de aplicativos no dispositivo móvel – são 120 milhões de brasileiros conectados pelo celular.

Além disso, 60% das pessoas descobriram um novo produto ou marca pelo smartphone. Esse panorama mostra a necessidade da criação de conteúdos cada vez mais responsivos – ou seja, que ofereçam uma boa experiência ao usuário que navega pelo celular.

Com as redes sociais servindo como um canal de distribuição de conteúdo, com alto tráfego para o site da sua empresa, investir no mobile se torna vital para o seu negócio, levando em conta que um site lento é responsável por 51% dos abandonos de página e 74% deixam um site se o carregamento não for feito em 5 segundos.

Ou seja, para que a estratégia de marketing da sua empresa tenha êxito é fundamental alinhar a produção de conteúdo de qualidade e a divulgação assertiva nas redes sociais com um bom site para que a experiência do usuário seja completa.

Agora que você entendeu a diferença entre as redes sociais, que tal avaliar os benefícios de cada uma delas e investir nas plataformas que realmente podem fortalecer a presença digital da sua marca?

  • Share:

Leave a comment