Marketing Jurídico

O que é endomarketing e como aplicá-lo na advocacia

27 de abril de 2021 por

A comunicação é um tema vital para qualquer organização. No ambiente jurídico, a necessidade de instituir interlocuções mais efetivas dentro das bancas não é diferente. Com a evolução na maneira de se comunicar e o surgimento de diversos canais, o desafio para os gestores tem sido cada vez maior. Por isso, investir em endomarketing na advocacia pode trazer importantes resultados.

O endomarketing, também conhecido como marketing interno, pode ser compreendido como uma estratégia de marketing voltada para os colaboradores. O conceito envolve a execução de ações de engajamento, motivação, reconhecimento, incentivo à construção de planos de carreira, entre outros.

Embora o termo esteja associado à área de marketing, é importante entender o endomarketing como uma ferramenta estratégica, que deve envolver lideranças e áreas de apoio, como ocorre com o setor de Recursos Humanos. Isso porque, enquanto o marketing se encarrega de planejar ações, o RH contribui por ser uma área que está constantemente em contato com os colaboradores e as suas necessidades. É por meio dessa identificação de problemas e oportunidades que as duas áreas, em conjunto, são capazes de atuar para garantir o melhor ambiente de trabalho.

A importância do endomarketing na advocacia

Fortalecer a reputação de um escritório e ser reconhecido pelo mercado é um dos principais desafios das bancas. Mas antes de projetar a imagem do escritório para o público externo é preciso voltar as atenções para os colaboradores, uma vez que os funcionários são os principais responsáveis pelo sucesso do negócio e, justamente por isso, precisam ser os primeiros a valorizar a banca enquanto organização.

E é por meio da instituição de ações de endomarketing na advocacia que o público interno será capaz de entender o propósito do escritório, criar alinhamento com os interesses e, com isso, atuar para alcançar os objetivos. Nesse sentido, uma das principais missões do endomarketing é fazer com que os colaboradores não apenas entendam o que a banca faz, mas ir além e enxergar o valor e os benefícios que são gerados para os clientes e as contribuições para o mercado.

Portanto, é fundamental entender que o endomarketing na advocacia cumpre, ainda, o papel de influenciar a imagem: a visão dos colaboradores pode impactar a maneira como clientes externos percebem o escritório, o que pode gerar efeitos positivos ou negativos. Por isso, muito mais do que engajar funcionários, o endomarketing deve ser compreendido como instrumento de gestão essencial para a estratégia do negócio.

Construir visões compartilhadas e fortalecer as relações com os colaboradores permitem que os funcionários se sintam parte importante do escritório e, com isso, caminhem junto com os seus líderes rumo a melhores resultados.

Comunicação interna e endomarketing na advocacia

É bastante comum que existam dúvidas quanto à comunicação interna e o endomarketing. De modo geral, os dois conceitos são, quase sempre, utilizados como sinônimos. No entanto, existem diferenças entre os termos e é importante ter clareza sobre como cada um deles pode beneficiar o escritório e ajudar a superar os desafios para criar uma comunicação institucional mais fluída.

Basicamente, a comunicação interna tem como finalidade informar os colaboradores. Já o endomarketing busca fazer com que os funcionários se sintam motivados e engajados com o seu trabalho. Ou seja, o público-alvo é o mesmo, mas os objetivos e ações são diferentes.

Para exemplificar, as estratégias de comunicação interna podem envolver o uso de newsletters, revistas internas, TV corporativa, entre outras ferramentas que têm como finalidade levar informação. O endomarketing exige maior planejamento para dialogar com a cultura organizacional e a criação de programas que objetivem a motivação e a interação entre o escritório e os colaboradores, gerando, assim, um melhor ambiente de trabalho. E, embora se trate de estratégias diferentes, os dois conceitos devem ser complementares.

Segundo Analisa Brum, fundadora da Happy House, autora de nove livros sobre endomarketing e uma das maiores especialistas do tema no Brasil, a comunicação interna é quando a organização se comunica por meio de canais para levar informação ao público interno. Mas quando essa mesma informação conta com estratégias de marketing, a fim de tornar a comunicação mais atrativa e mais engajadora, é endomarketing.

Implementando o endomarketing

O endomarketing na advocacia, assim como em qualquer mercado, traz inúmeras vantagens. É importante lembrar que sempre há a possibilidade de que ruídos na comunicação possam gerar eventuais conflitos que prejudicarão o escritório. Por isso é fundamental desenvolver um planejamento robusto para tentar garantir que a comunicação seja o mais efetiva possível.

Para isso, é importante se atentar aos seguintes passos:

  • Definição de objetivos e planejamento
    Para que seja possível planejar ações de endomarketing é necessário, antes, estabelecer com clareza quais são os objetivos do escritório com a ação. A partir dessa definição é possível desenhar o planejamento, que deve contar com metas, indicadores, prazos e análise de dados que permitam monitorar e ajustar a estratégia sempre que for necessário.
  • Canais de comunicação interna
    Por serem complementares, um bom planejamento de endomarketing deve ter uma comunicação interna sólida. Por isso, é importante avaliar os melhores canais para se comunicar com colaboradores e permitir que essa comunicação seja horizontal, de modo que os funcionários possam participar do processo e ter voz ativa.
  • Políticas de benefícios
    O melhor reconhecimento para os colaboradores será sempre a sua remuneração. No entanto, instituir políticas de benefícios é uma maneira manter os funcionários motivados. Com isso, ao adotar políticas para reconhecer e beneficiar a atuação do colaborador é possível fortalecer a relação que o público interno mantém com o escritório.
  • Espaços e eventos colaborativos
    É importante se atentar ao ambiente de trabalho, uma vez que os colaboradores passam a maior parte de seu dia no escritório. Criar espaços de descanso ou lazer para momentos de intervalo pode favorecer tanto a relação que o colaborador possui com a banca como também possibilitar que as equipes criem laços mais fortes e melhorem o clima de trabalho.
  • Pesquisas de clima organizacional
    Uma das melhores formas de avaliar se as estratégias de endomarketing estão trazendo os efeitos desejados é por meio da criação de pesquisas. Para isso, estabeleça a periodicidade que melhor se aplica à estrutura da banca e esteja pronto para receber os feedbacks dos colaboradores, bem como considerá-los na hora de rever o planejamento. É importante atuar sobre as questões apontadas pelos funcionários e comunicar todo o escritório sobre os resultados da pesquisa e o seu consequente plano de ação.
  • Fomento à cultura
    É imprescindível que o escritório tenha clareza sobre os seus valores e a sua cultura organizacional e que os comuniquem constantemente aos colaboradores. Mais do que isso, é importante que todos os funcionários estejam de acordo com a cultura da banca e que se sintam representados pelos valores da organização. Nesse sentido, vale se assegurar de que todo o público interno está alinhado. É importante destacar, ainda, que a diversidade e inclusão devem estar presentes no escritório para que os colaboradores se sintam seguros e acolhidos em seus ambientes.

Além disso, outros recursos para investir no endomarketing na advocacia são:

  • Capacitação: ofereça cursos, treinamentos e formação para lideranças
  • Reconhecimento: apresente cases internos e crie programas de bonificação
  • Integração: realize eventos para fomentar a integração entre equipes
  • Comunidade: crie programas de arrecadação e incentive ações solidárias
  • Inovação: busque inovar em canais, na comunicação, no ambiente e onde mais for possível

Os benefícios do endomarketing na advocacia

Criar um ambiente no qual os colaboradores estejam mais motivados aumenta as chances de obter resultados positivos para a banca. Isso porque, além de investir no funcionário e proporcionar um ambiente aberto, no qual ele se sente seguro para emitir suas opiniões e, com isso, ajuda a fomentar uma cultura de diálogo, também há impacto na produtividade e na maneira como o colaborador enxerga o escritório.

Entre os principais benefícios estão:

Endomarketing na advocacia

Endomarketing e os desafios do home office

A pandemia do coronavírus impôs grandes desafios para o país e afetou todos os setores econômicos brasileiros, consolidando-se como uma das maiores crises globais. Para as empresas, a adoção do regime de home office trouxe diversos impactos e evidenciou a importância das ferramentas digitais.

Em seu livro Comunicação Interna em tempos de Coronavírus, Renato Avanzi, jornalista, consultor, professor e fundador da Widoox, aborda como o distanciamento necessário para combater a propagação da Covid-19 traz também oportunidades para explorar a comunicação interna durante o trabalho remoto e estreitar laços com os colaboradores.

Avanzi destaca a necessidade de criar comitês de crise, com a participação de lideranças, para que o escritório possa atravessar o momento com mais tranquilidade e preparado para situações fora da normalidade. Nesse sentido, contar com gestores à frente do comitê é a maneira mais efetiva de desenvolver canais de comunicação para manter o público interno informado de todas as medidas adotadas pela banca.

Além disso, também é importante pensar na comunicação pelo ponto de vista dos funcionários, ressaltando dois aspectos: o profissional e o ser humano. Para ele, o colaborador precisa ser municiado com informações para dar continuidade às suas tarefas e apresentar resultados. No entanto, é necessário, também, entender os desafios que o público interno enfrenta, sejam eles estruturais, considerando o home office, ou emocionais. Nesse contexto, vale, ainda, transmitir mensagens positivas para motivar os colaboradores.

Na obra, Avanzi explica como exercer a liderança a distância, bem como o papel dos gestores nesse processo, e traz também dicas de ferramentas que podem ser utilizadas para aprimorar a comunicação nesse momento, assim como ideias de conteúdo.

Para Brum, a pandemia intensificou as ações digitais e colocou a comunicação interna e o endomarketing como prioridade na agenda dos sócios e gestores dos escritórios de advocacia. O grande desafio, contudo, continua sendo o de integrar as equipes que, muitas vezes, começaram a trabalhar a distância. Por isso, manter os “rituais” da banca, como celebrações, aniversários e demais ações, é crucial para manter os colaboradores unidos.

Employee value proposition

Ao falar de comunicação interna e endomarketing na advocacia é importante se atentar ao conceito de Employee value proposition (EVP) – Proposta de valor ao colaborador – em tradução livre.

O EVP diz respeito a como as organizações se posicionam como marca empregadora e como constroem a imagem da instituição. É definido pelo que faz as pessoas desejarem trabalhar na empresa e pelo que faz os colaboradores quererem permanecer.

Com profissionais cada vez mais exigentes em relação ao ambiente e as condições de trabalho, o EVP surge como importante estratégia para atrair e manter talentos, reduzindo, assim, a rotatividade, além de conferir à banca a oportunidade de ser vista no mercado como uma marca empregadora. O conceito vai desde a criação de um ambiente de trabalho saudável até a instituição de outros benefícios para os funcionários.

A criação de uma proposta de valor pode se tornar um grande diferencial para os escritórios. Recentemente, temas como diversidade e inclusão têm se consolidado como proposições de grande importância para os profissionais no mercado – os quais buscam bancas com programas sólidos, como também para clientes que, cada vez mais, têm avaliado esse aspecto no momento de escolher um escritório para contratação.

Dessa forma, o EVP junto à comunicação interna, o endomarketing e demais estratégias de marketing jurídico, se tornam ferramentas valiosas não apenas para fornecer benefícios e engajar colaboradores, mas também para criar diferenciais no mercado, fazendo com que o posicionamento da banca seja notório e possa trazer, assim, resultados ainda melhores.

Para saber mais sobre o assunto, ouça os episódios do Juridcast, podcast da Agência Javali:

Comunicação interna em tempos de coronavírus; com a participação de Renato Avanzi, especialista em comunicação interna

O papel estratégico do endomarketing no Direito; com Analisa Brum, pioneira no estudo de endomarketing no país

Quer começar a usar uma estratégia
de marketing para a sua empresa e
precisa de ajuda?

Veja 6 dicas para escolher uma
agência de marketing digital!

Esteja atualizado
Receba nossos conteúdos mais relevantes em um único e-mail mensal